Com apenas 7 semanas, o bebê morreu por causa de um detalhe que ninguém tinha descoberto. Isso não pode acontecer de novo

Os recém-nascidos são seres muito delicados, e todos os pais precisam tratar seus bebês com extrema cautela devido a dessa fragilidade. Um dos lugares onde eles passam muito tempo é no berço, pois dormem cerca de 15 horas por dia. Por causa disso, eles precisam de uma cama o mais segura possível. Esther Roseman fez de tudo para proteger a sua pequena filha Grace de sete semanas.

A mulher comprou um berço que permite que os bebês durmam ao lado da cama de seus pais. Mas ele tinha uma particularidade: uma das suas laterais podia ser baixada. E foi esse detalhe que matou a menina…

bebe-ste1
A recém-nascida estava dormindo na sua caminha e rolou na direção da cama dos pais. Quando a mãe britânica olhou para ela, 90 minutos depois de a deitar, ela já estava morta. “No dia 9 de abril, a nossa linda bebê Grace que tinha só 7 semanas, foi declarada morta. Ela conseguiu passar o pescoço sobre o topo da cobertura lateral do berço e morreu por asfixia”.

Quando os médicos legistas determinaram a causa da morte, Esther ficou preocupada com outras famílias que pudessem ter comprado o mesmo modelo de berço. “No começo eu senti um pouco de compaixão pelos fabricantes pois achei que eles estariam muito arrependidos e devastados. Infelizmente, eles não parecem acreditar que o modelo do berço foi a causa de morte de Grace”, conta a mulher.
bebe-ste2
Embora este tipo de caminhas tenham sido proibidas nos Estados Unidos e no Canadá, no Reino Unido elas continuam no mercado. Ainda assim, a empresa modificou o projeto do berço original e colocou à venda um kit para que os usuários possam modificar o modelo antigo.

No entanto, Esther continua preocupada com as vendas de segunda mão, uma vez que estas não são controlados e poderiam voltar a causar uma tragédia. Em qualquer caso, você deve sempre consultar cuidadosamente os manuais de segurança e instruções.
bebe-ste3
Todo o cuidado é pouco com os bebês. Um pequeno deslize pode se tornar fatal… Vamos transmitir esta história antes que seja tarde mais para outras famílias!

Via: Histórias com Valor

DEIXE SEU COMENTÁRIO

comentários