Dicas práticas para reduzir sua conta de luz

conta-luz
Estamos vivenciando a importância de praticar o consumo consciente em relação à água, mas esse é muito mais que um conceito, é um novo reposicionamento de valores, um estilo de vida que interessa a todos nós.

Sabemos, hoje mais do que nunca, que os recursos naturais são esgotáveis e que cabe a cada um nós fazer a sua parte. Vamos ver algumas dicas práticas para reduzir sua conta de luz, ou seria melhor dizer, nossa. Vamos lá!

Reduzir sua conta de luz trocando as lâmpadas

  • Troque as lâmpadas incandescentes por fluorescentes econômicas e economize até 75% de energia;
  • Troque as lâmpadas dicroicas por lâmpadas de LED (por volta de 10x mais econômicas e 10x mais duráveis)
  • Adapte a voltagem das lâmpadas à necessidade do ambiente. Lugares de passagem, sala de estar, etc., talvez não precisem de lâmpadas muito fortes;
  • Apague a luz sempre que sair de um ambiente;
  • Sempre que possível adapte a casa para receber mais iluminação natural.

Boas opções para quando é preciso deixar uma luz acesa no ambiente externo da casa são usar sensor de presença, que acende quando alguém se aproxima, ou programar a luz com temporizador, de forma que acenda assim que escurecer e apague quando clarear o dia.

Reduzir sua conta de luz fazendo melhor uso da geladeira

  • Geladeira e freezer funcionam 24 horas por dia, 7 dias da semana, sem descanso. Por isso podem gastar mais energia do que imaginamos.
  • Ao comprar eletrodomésticos, dê preferência a aparelhos econômicos, fique de olho no selo Procel, preferencialmente classe A.
  • Evite abrir e fechar a geladeira várias vezes, desnecessariamente. Verifique se a borracha da porta está em bom estado, vedando corretamente.
  • Não coloque alimentos quentes na geladeira e no freezer, e deixe esses eletrodomésticos o mais longe possível do fogão.
  • Regule a temperatura da geladeira, no inverno não precisa ficar tão gelada. E reavalie se realmente precisa estocar comida em um freezer.
  • Descongele alimentos deixando-os na geladeira ou temperatura ambiente, evite fazê-lo usando o microondas.

Outras dicas

  • Utilize o mínimo possível o ar condicionado. Ao fazer uso do ar evite o hábito de baixar muito a temperatura e depois se cobrir para dormir, não faz muito sentido e aumenta bastante o gasto energético.
  • O ventilador é uma boa alternativa ao ar condicionado e manter as janelas abertas e melhorar a ventilação natural dos ambientes, também são ótimas ideias.
  • Tome banhos mais rápidos e mais frios, seu bolso e sua pele vão agradecer.
  • Evite ligar o ferro para passar peças isoladas, acumule-as e passe 1x por semana, por exemplo.
  • Ao lavar roupa, considere lavar algumas peças à mão.
  • Ao usar a máquina de lavar, adapte-a ao volume e sujeira das roupas; podendo, use o modo “suave” ou “lavagem leve” e evite usar a função água quente da máquina.
  • Use a máquina na sua capacidade total indicada pelo fabricante, programando as lavagens para 1x por semana, por exemplo.
  • Desconecte os aparelhos da tomada, a luzinha do stand by desperdiça energia, assim como os carregadores, mesmo quando não estão conectados aos celulares.
  • Programe o desligamento automático do monitor do seu computador e deixe sua tela de descanso com fundo escuro, gasta menos energia que o claro. O ideal é tirá-lo da tomada quando não estiver usando.
  • Invista no convívio familiar, assistam TV todos juntos.
  • Essas são dicas práticas que podem efetivamente reduzir nossa conta de luz, muitas delas são pequenos ajustes que não interferem muito no nosso dia a dia.

Outras fontes de energia, como a solar e eólica (vento), são alternativas sustentáveis e limpas que estão cada vez mais próximas, e logo serão economicamente viáveis. Estamos na torcida!

DEIXE SEU COMENTÁRIO

comentários