Pai espanca filho quase até a morte. Mas 70 anos depois, um vizinho faz uma descoberta impressionante

Existem muitas pessoas neste mundo que desistem ao primeiro obstáculo. Mas também há gente que luta até à exaustão, superando todos os problemas, só para fazerem o que amam. Um exemplo disso é Norman Malone, um senhor de 78 anos que vive em Chicago, Estados Unidos. Quando tinha 5 anos de idade, Norman descobriu sua grande paixão: o piano.

Em 1948, aos 10 anos, ele já tocava relativamente bem e começou a pensar em se tornar um músico profissional. No entanto, todos os seus sonhos iriam por água abaixo numa noite terrível…

Seu pai era um homem extremamente violento que espancava sua esposa e filhos. A pedido de sua mãe, Norman tinha que ficar acordado até tarde todos os dias, para defender a família dos ataques de fúria do progenitor.

No entanto, ele era apenas uma criança. Numa noite, ele não conseguiu vencer o sono e adormeceu. A última coisa que ele se lembra é de estar com seus dois irmãos no hospital. O homem tinha lhe batido com um martelo, deixando Norman paralisado do lado direito.

O garoto passou vários meses no hospital. Infelizmente, mesmo com anos de terapia, a mobilidade da sua mão direita nunca foi a mesma. E as notícias não podiam ser piores… ele nunca mais seria capaz de tocar piano com aquela mão!

Mas Norman era valente e não ia desistir dos seus sonhos assim tão facilmente. Então, ele nunca parou de praticar com a mão esquerda. Só que ele sempre se sentia desconfortável e incapaz de tocar bem.

Felizmente, o pianista descobriu composições que foram feitas especificamente para ser tocadas com a mão esquerda. Desde então, o homem tem praticado músicas cada vez mais difíceis, mas sempre na solidão e privacidade da sua casa.

Embora ele tenha trabalhado por 30 anos como um diretor de um grupo coral, ninguém fora da sua família sabia o grande talento que este avô tinha. Até que um vizinho, que ouvia constantemente Norman tocar, contatou um jornal e marcou um concerto.

O primeiro concerto de Norman Malone, aos 78 anos, teve uma sala lotada de gente! Quando ele começou a tocar, o público ficou boquiaberto: ele era músico incrível! Todos os presentes aplaudiram de pé.

Depois de 70 anos no anonimato, este pianista talentoso foi capaz de realizar o seu sonho e nos mostrar que tudo é possível. Tal como diz o filho de Norman: “Se você ama algo, você vai encontrar um caminho. Embora você possa ficar sem fôlego, você vai encontrar um caminho”.

Basta olhar para o rosto desse homem para percebemos como vale a pena nos esforçarmos e lutarmos por aquilo que queremos!

Via: Histórias com Valor

Publicidade

DEIXE SEU COMENTÁRIO

comentários

Recomendados Para Você: