Nunca mais tire as sementes da melancia! Não imagina o segredo que guardam!

semente-melancias
Será que as sementes da melancia são o novo superalimento da atualidade?

Parece que sim!

Segundo o conceituado “El Pais”, deixar fora estas sementes é um autêntico desperdício nutricional, uma vez que são ricas em fibras, minerais, proteínas e gorduras essenciais para o corpo.

Sementes de abóbora, sementes de girassol, sementes de chia, sementes de linhaça, sementes de papoila, sementes de sésamo… e sementes de melancia. Sim, ao leque de sementes que é guardado em pequenos frascos na cozinha deve acrescentar as sementes de melancia.

Cristina Lafuente Gómez, dietista espanhola, explica alguns dos principais componentes das sementes de um dos frutos mais adorados da estação: magnésio (515 miligramas por 100 gramas de pevides), zinco (10,2 miligramas por cada 100 gramas), magnésio (1,6 miligramas por 100 gramas), proteína (28,3 gramas por 100 gramas) e gordura (47,4 gramas por 100 gramas), das quais polinsaturadas (28,1 gramas por cada 100 gramas).

Segundo a dietista, as sementes de melancia são uma excelente forma de aumentar os níveis de proteína vegetal na alimentação e “manter a massa muscular, além de fornecer gorduras saudáveis que têm a capacidade de regular o colesterol no sangue”, cita o El País.

Contudo, o consumo não deve ser desmedido. Diz a especialista que estas sementes são de difícil digestão e que, por isso, não deve ser consumido mais do que um punhado deste superalimento por semana.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

comentários

Recomendados Para Você: