Quando este bebê nasceu, ele era branco. Uma hora depois, ele estava cinza. Você vai ficar chocado quando descobrir porquê.

David e Joi Rawitch, do Missouri (EUA), viviam uma vida feliz. Eles já tinham uma filha linda e estavam esperando sua segunda criança, um menino chamado Andrew. Mas um dia, enquanto o casal estava no carro, Joi foi atingida por uma premonição que a deixou chocada. Ela podia sentir que algo estava errado com seu feto, mas não sabia exatamente o quê. Era simplesmente um sentimento, um instinto maternal. Mas quando Joi contou ao seu marido sobre a premonição, ele achou que fosse apenas paranoia.

No entanto, Joi estava convencida de que havia algo e resolveu contar ao seu médico. Ele também não viu razões para ela se preocupar. De acordo com todos os exames feitos até então, o feto estava perfeitamente saudável.

Quando Joi entrou em trabalho de parto, ela estava nervosa como qualquer mulher estaria em tal situação. Mas a ansiedade de Joi piorou: ela tinha certeza de que algo estava errado com seu bebê. Quando o parto terminou e ela finalmente pôde segurar a criança em seus braços, ela ficou extremamente aliviada ao ver que tudo estava bem. Depois de um exame rápido, os médicos confirmaram que ela e David eram pais de um menino saudável.

Mas justamente quando a premonição de Joi parecia ter errado, uma hora depois do parto, a mulher foi atingida pelo mesmo sentimento inquietante. Enquanto o medo tomava conta dela, Joi olhou para o berço onde seu filho estava deitado e notou que ele estava encarando o nada com um olhar vago. Em pânico, Joi chamou uma enfermeira. Mas quando ela chegou e olhou para dentro do berço, ela não conseguiu esconder o seu choque.

A enfermeira conseguia ver claramente que a pele do bebê estava ficando cinza. A cada minuto, a pele ficava cada vez mais escura, até parecer quase preta. A enfermeira e a mãe assistiram em horror enquanto o pequeno menino indefeso lutava por ar até parar de respirar totalmente. Ele foi levado rapidamente para a Unidade de Tratamento Intensivo, onde foi ressuscitado uma, então duas e depois três vezes… isso continuou por horas, com a equipe médica trabalhando freneticamente para manter o bebê vivo. No fim, o pequeno Andrews foi ressuscitado 14 vezes ao todo!

Joi logo percebeu que sua premonição estava certa desde o início e ficou devastada quando descobriu a verdade. “Quando eu olhei os resultados da ressonância magnética, foi possível ver que algo estava errado. Havia um grande buraco ali. Ao invés de uma parte do cérebro, havia um líquido.”

No entanto, três dias após o parto, Joi repentinamente teve outra premonição. Ela estava sentada na cama com David assistindo TV quando afirmou que havia experimentado algo incrível. “Eu ouvi essa voz dizendo que ele ficaria bem”, ela conta. Pouco depois disso, o casal decidiu levar Andrew para casa, onde ele permanecia o tempo todo conectado a uma máquina monitorando sua respiração.

Os médicos disseram a Joi e David para não terem muitas esperanças em relação a Andrew. Eles viam apenas duas possibilidades: ou ele morreria na infância, ou ele viveria a vida toda com uma grande deficiência mental. O casal estava devastado, mas Joi estava convencida de que sua segunda premonição tinha sido real e que Andrew ainda tinha a chance de ter uma vida normal. Então, quando toda a família se reuniu para o feriado de Dia de Ação de Graças, algo incrível aconteceu. O casal não conseguiu acreditar em seus olhos quando viu Andrew segurando sua mamadeira por conta própria. Normalmente, bebês só conseguem fazer isso com seis meses, e Andrew tinha apenas três! Um grande feito para quem supostamente tinha problemas cerebrais.

A condição de Andrew melhorava a cada semana. Ninguém conseguia explicar o que estava acontecendo. Os médicos nunca haviam visto algo como aquilo. Dia após dia, ele ficava mais saudável, até finalmente não precisar mais de medicamentos. Com seis meses de idade, Andrew passou por mais uma ressonância magnética, que revelou algo incrível: ele estava completamente curado! De alguma forma, seu cérebro tinha se recuperado e o buraco não estava mais lá. Era um caso sem precedentes que nenhum neurologista podia explicar.

Hoje, Andrew é um jovem saudável com um futuro brilhante pela frente. Ele tem 21 anos e está estudando medicina na esperança de um dia ajudar os outros.

Você pode ver a história dessa recuperação maravilhosa neste vídeo (em inglês):

É uma história incrível com um final ainda mais incrível. Só podemos desejar tudo de melhor para o futuro dessa família!

Via: Não Acredito

DEIXE SEU COMENTÁRIO

comentários