Quando o pai morreu, eles escreveram um bilhete e o colocam num balão. 2 meses depois, o impensável acontece.

Esta é a história de um balão que viajou por boa parte da Europa, voando no céu por 1.700 quilômetros antes de cair em Borgo Montone, em Ravena, na Itália. Essa é uma bela aventura que vale a pena ser contada. Mas, primeiro, vamos dar uma voltinha no passado.

Beth (7 anos) e Oscar (3 anos) são duas crianças que vivem com seus pais em Bordon, Hampshire, no sul da Inglaterra. Ambos estão no jardim de infância e vivem cercados pelo amor e carinho de sua família.
bondon1
Seu pai, Simon Cook, é um homem bom, destes que todo mundo gosta. Infelizmente, no entanto, ele partiu muito cedo: um câncer agressivo foi detectado e, apesar dele ter lutado bravamente, simon não resistiu e morreu em 2015.
bondon2

Para honrar a memória de Simon (e também para ajudar as crianças no processo de luto) a creche de Oscar organizou uma celebração especial. Os professores deram para todas as crianças um balão roxo com uma foto de Simon pendurada. No verso do retrato, Beth e Oscar escreveram uma mensagem para seu pai.

Todos os balões foram soltos simultaneamente e voaram pelo ar. Logo depois, eles desaparecem de vista.
bondon3

Entretanto, uma aventura muito especial aguardava um destes balões. Impulsionado por correntes de ar, ele atravessa o canal da mancha, passa pelos Alpes e chega à Itália. Dois meses depois do dia triste em que ele partiu da Inglaterra, o balão caiu no campo de um agricultor de Ravenna. A viagem tinha somado mais de 1.700 km.
bondon4

Christian Grassi estava trabalhando naquele dia, como sempre, em sua plantação. Ele gerencia uma fazenda orgânica, a Mater Naturae. Quando ele vê o balão, ele encontra o bilhete que as crianças tinham deixado preso ao fio para homenagear seu pai. Christian publica um post no Facebook contando sua descoberta inusitada. Em pouco tempo, toda a cidade fica comovida.

Christian escreve para o jardim de infância, seguindo as instruções encontradas no bilhete: “Se você encontrou nosso balão com esta mensagem especial, por favor, nos avise”.

Mas a história não termina aqui. A Comissão de Cidadãos de Borgo Montone, junto com a empresa de Christian (e com a colaboração de muitos operadores turísticos da área), decidiram se mobilizar para alegrar as crianças que perderam o pai: o prêmio era uma viagem para a Itália, para resgatar o balão. Então, em julho de 2015, a mãe Ravenna Zoe, as crianças Beth e Oscar e sua professora, Lucy, fizeram uma viagem de uma semana para a Itália, com tudo pago.
bondon5

A solidariedade, o carinho e a generosidade destes italianos proporcionaram belos momentos para a família Cook. Eles nunca se esquecerão destes dias mágicos: um verdadeiro consolo em meio a tanta tristeza. Christian Grassi escreveu no seu Facebook: “Este balão conseguiu um verdadeiro feito: ele fez pessoas que não se conheciam compartilharem emoções e sentimentos. Eu gosto de acreditar que era nosso destino, meu e da minha cidade, encontrar este balão.”

Que história linda… Uma grande lição de empatia e solidariedade. Compartilhe este artigo com seus amigos. Todos podemos aprender um pouquinho com este belo exemplo.

Via: Não Acredito

DEIXE SEU COMENTÁRIO

comentários