Ao longo de 11 anos, esta família recebeu 7 vezes o MESMO telefonema.

Quando Melissa e Scott Groves se casaram, tudo que eles queriam era ter um filho. Autumn, filha do primeiro casamento de Melissa, tinha inclusive escrito uma cartinha para o Papai Noel desejando um irmãozinho. Porém, a gravidez não acontece. Após diversos exames, os médicos destroem as esperanças deste casal norte-americano: eles não poderiam gerar juntos um bebê. Melissa e Scott não desistem, e decidem então adotar uma criança. Ao fim de uma longa espera, o telefone toca em um dia de abril de 2004. A pessoa do outro lado da linha avisa que eles irão virar pais do pequeno Noah, de 3 anos, e do seu irmão Chase, de 22 meses. Esta ligação mudou para sempre suas vidas!
garotos-adotados1

“Nós não sabíamos bem o que esperar, e as crianças também se sentiam desconfiadas e estavam com medo,” lembra Melissa. “Mas aos poucos nós nos conhecemos melhor e eles conquistaram os nossos corações. Mesmo após uma semana, a gente já não podia imaginar nossa vida sem eles!” Porém, o telefone não para de tocar. A mãe biológica dos meninos tinha trazido um novo bebê ao mundo: Garrett. Apenas 11 meses depois, uma nova ligação, e o casal ganha mais um filho, o recém nascido Hayden. “Sendo ele um neném prematuro com lábio leporino – e tendo sido exposto às drogas usadas pelo sua mãe no útero – este pequeno guerreiro tinha grandes desafios pela frente,” diz Melissa. “Mas é claro que nós dissemos sim”.
garotos-adotados2

Após Hayden, o casal ainda acolhe Ashton, Curran, e Bryer, que tem hoje 6, 5 e 2 anos de idade, respectivamente. Sempre que a família Groves ficava sabendo que a mãe biológica dos seus filhos estava grávida, eles não hesitavam em adotar mais um. Eles sabem que a mulher é viciada em drogas, e que ela é incapaz de cuidar das crianças que coloca no mundo. “Scott eu nunca discutimos isso. A gente sempre disse sim.” O último bebê a nascer foi Zayn, um menininho feliz que tem atualmente 1 ano de idade e é portador de Síndrome de Down. No ano passado, ele e seus 7 irmãos foram oficialmente adotados por Melissa e Scott.
garotos-adotados3

“Neste momento, as pessoas começaram a duvidar da minha sanidade mental. E diversas vezes eu me senti sobrecarregada e atordoada com as mudanças drásticas em nossa vida. Mas algo em mim sempre me disse que essas crianças precisavam ficar juntas”, explica a mãe desta grande família. Melissa diz não ter rancor contra a mãe biológica, e conta que mantêm contato com ela através do Facebook. “Ela não é uma pessoa má. Eu sei que ela ama seus filhos. Eu mal posso imaginar pelo que ela está passando.”
garotos-adotados4

E veja que curioso: a filha de Melissa desejou 1 irmãozinho no Natal, e acabou ganhando 8! Apesar da vida em um família com 11 membros ser diversas vezes caótica, Melissa e Scott nunca questionaram a sua decisão, e afirmam que jamais poderiam viver sem sua gangue de felizes crianças!
garotos-adotados5

Para que os irmãos não fossem separados, este casal adotou um total de 8 crianças ao longo de uma década. Que gesto maravilhoso! Se esta história também te emocionou, então compartilhe este artigo com todos os seus amigos. Independente de quem nos colocou no mundo, nossos verdadeiros pais são aqueles que cuidam da gente com amor e dedicação!

Via: Não Acredito

DEIXE SEU COMENTÁRIO

comentários